PAZ e BEM! Bem-vindo à Página dos Frades Missionários Capuchinhos

Página Principal


São Francisco Assis


Espírito de Assis


Porciúncula


Ordem Capuchinhos


Missão em Timor


Onde Vivemos


Espaço Jovem


Música


Apontadores


 
Actualidade

Profissão Perpétua de frei Hermano Filipe

 

 

«Sei em quem acreditei!»

(2 Tm 1,12)

 

A Família Franciscana está a preparar-se, em todo o mundo, para o Jubileu da Vocação Franciscana, a celebrar em 2009. Há 800 anos, em Assis, o jovem Francisco teve a ousadia de olhar – olhos nos olhos – para Jesus Cristo que, na igrejinha de São Damião, lhe aparecia glorioso e fonte de luz. Aquele olhar mudou a sua vida, na altura com o coração envolto em trevas. Mas também mudou o rumo da Igreja e da Sociedade. Porque Francisco recebeu a missão de «restaurar» a casa do Senhor. Pela vivência do Evangelho. Pelo abraço ao leproso. Pelo acolhimento a todas as pessoas e a todas as criaturas como irmãs e irmãos. Com simplicidade e alegria. Com olhos verdadeiramente baptizados.

 

800 anos depois, Jesus Cristo continua a seduzir outros jovens a segui-lo, a exemplo de Francisco e Clara de Assis.

 

Frei Hermano Filipe

 

Assim, no Domingo, dia 9 de Setembro, na Igreja da Imaculada Conceição dos Capuchinhos, no Amial (Porto), o frei Hermano Filipe celebrou a sua entrega ao Senhor, na Fraternidade dos Franciscanos Capuchinhos, por todo o tempo da sua vida. Comprometeu-se publicamente a seguir mais de perto o Evangelho e os passos de Nosso Senhor Jesus Cristo, com fé firme e decidida. É a chamada «Profissão Perpétua». A razão de ser desta opção está na leitura bíblica que o próprio frei Hermano proclamou na Eucaristia: «Sei em quem acreditei!» (São Paulo, na segunda carta a Timóteo, cap. 1, vers. 12).

 

«Sei em quem acreditei!» foi o refrão repetidamente cantado que penetrou nos corações e encheu a igreja. Presentes muitos Irmãos Capuchinhos das Fraternidades do Porto, de Gondomar, de Barcelos, de Fátima, de Lisboa e da Baixa da Banheira. Perscrutando e saboreando cada gesto, leitura ou símbolo estavam seus pais, Dr. José Hermano e Dª Carolina Leonor, assim como seus irmãos Carlos e Ana, sua cunhada Sónia e sua sobrinha, a pequenita Bárbara. Concelebrou também o Sr. Padre Alípio Barbosa, Pároco de Gondomar, terra onde o Hermano Filipe nasceu, foi baptizado e deu os primeiros passos no seu encontro com Jesus Cristo.

 

Frei Hermano Filipe e vista geral da assembleia durante a homilia

 

Presidiu à celebração o Ministro Provincial dos Capuchinhos em Portugal, frei Acílio Mendes. Foi utilizado, pela primeira vez, um novo Ritual, com as riquezas e características próprias da Família Franciscana, aprovado por Roma no ano 2000. Clique aqui para ver texto integral da homilia »»

 

A concluir a celebração, o frei Hermano Filipe falou a todos os participantes do seu itinerário vocacional e franciscano, destacando de modo especial a formação humana e cristã que os pais lhe deram e a alegria que sente por se ter deixado surpreender pelo Amor de Deus que o levou a deixar tudo para ficar com o único necessário, Deus e o seu Reino.

 

Depois da Profissão temporária, em 2003, o frei Hermano Filipe viveu dois anos no Porto e outros dois em Timor-Leste, sendo um dos primeiros Irmãos Capuchinhos a iniciar esta nova presença no País do Sol Nascente. Agora, o frei Hermano vai viver o quotidiano da vida fraterna com os Irmãos da Fraternidade de Barcelos, continuando os estudos teológicos na Universidade Católica de Braga.

 

Da esquerda para a direita: frei Acílio Mendes, Sr. José Hemano (Pai do frei Hermano Filipe), frei Hermano Filipe, D. Carolina Leonor (Mãe do frei frei Hermano Filipe)

 

Alegremo-nos! O frei Hermano Filipe é um DOM para os Franciscanos Capuchinhos, para a grande Família Franciscana, para toda a Igreja de Cristo e para os mais de seis biliões de irmãos e irmãos que povoam a nossa mãe e irmã Terra.

 

«Sei em quem acreditei!» é o credo que dá sentido à vida – misto de utopia, sonho, procura e conquista – de um jovem que encontrou um tesouro: ser discípulo de Cristo, amando e servindo os irmãos, ao jeito de Francisco e Clara de Assis.

 

«Louvai e bendizei a meu Senhor,

e dai-Lhe graças e servi-O com grande humildade!»

 

 

Lisboa, 13 de Setembro de 2007

frei Acílio Mendes – ofmcap.

Ministro Provincial

 

 
Página Principal | Capuchinhos em Portugal | Contactos | Ficha Técnica | Sugestões

© 2007 Ordem dos Frades Menores Capuchinhos (Portugal)