PAZ e BEM! Bem-vindo à Página dos Frades Missionários Capuchinhos

Página Principal


São Francisco Assis


Espírito de Assis


Porciúncula


Ordem Capuchinhos


Missão em Timor


Onde Vivemos


Espaço Jovem


Música


Apontadores


 
Actualidade

Ordem dos Frades Menores Capuchinhos

 

 

Morreu um Secretário especial do próximo Sínodo

 

A XII Assembleia Extraordinária do Sínodo dos Bispos, que terá lugar de 5 a 26 do próximo mês, já não poderá contar com o Secretário especial nomeado pelo Papa. Dom Frei Wilhem Emil Egger, o Bispo capuchinho de Bolzano-Bressanone que tinha acolhido Bento XVI no Seminário da sua diocese no mês passado, faleceu de um ataque cardíaco cinco dias depois, a 16 de Agosto, com 68 anos de idade.

 

Agora, «o amor pela palavra de Deus e a santificação do Domingo representam o testamento particular do Bispo Egger, que cada fiel e as comunidades paroquiais conservarão, de modo que o encontro com o Deus de amor da revelação constitua o centro da sua vida». Assim se exprimiu Bento XVI, na carta lida durante o funeral celebrado pelo cardeal Ângelo Scola, patriarca de Veneza, no dia 21 de Agosto. Nessa carta, o Papa referiu-se a D. Wilhelm como seu «querido amigo» e sublinhou que ele tinha uma «profunda relação com a Sagrada Escritura, a qual penetrou e plasmou toda a sua vida». O padre Thomas Stürz, seu Secretário, definiu-o como um «pai, mestre e pastor» que durante 22 anos os tinha feito «sentir como uma grande família», e caracterizou-o com «um homem de comunhão e disponível para todos».

 

Dom Frei Wilhelm Egger tinha nascido em Innsbruck a 14 de Maio de 1940. Entrou na Ordem dos Frades Menores Capuchinhos a 29 de Agosto de 1956 e foi ordenado sacerdote em Bressanone a 29 de Junho de 1965, sendo nomeado bispo de Bolzano-Bressanone a 29 de Julho de 1986 e consagrado em Bressanone a 31 do mês seguinte.

 

Formado em Sagrada Escritura, era o delegado da Conferência Episcopal Regional Triveneta para o Ecumenismo. Como biblista, foi Presidente da Federação Bíblica Católica, de 1996 a 2002 e Presidente da Comissão encarregada da revisão da Bíblia Católica em língua alemã. O Santo Padre tinha-o nomeado Secretário especial da XII Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos, juntamente com o cardeal Marc Ouellet, P.S.S., arcebispo de Quebeque, no Canadá. Como tem sido largamente noticiado, o tema do Sínodo vai ser “A Palavra de Deus na vida e na missão da Igreja”.

 

Diga-se, entretanto, que um outro capuchinho, também formado em Sagrada Escritura, vai ser o delegado da Conferência Episcopal de Angola e S. Tomé (CEAST) ao mesmo Sínodo. Trata-se do português D. Frei Joaquim Ferreira Lopes, natural de Santo Tirso, 1º Bispo da nova diocese de Viana, em Angola, criada no ano passado, e que continua a ser Administrador Apostólico da diocese do Dundo, no mesmo país, para a qual também sido nomeado como 1º Bispo em 2003. Deste e com este nosso confrade e compatriota, voltaremos a falar na proximidade do Sínodo.

 

 

Frei Lopes Morgado

 

04.09.2008

 

 
Página Principal | Capuchinhos em Portugal | Contactos | Ficha Técnica | Sugestões

© 2008 Ordem dos Frades Menores Capuchinhos (Portugal)