PAZ e BEM! Bem-vindo à Página dos Frades Missionários Capuchinhos

Página Principal


São Francisco Assis


Espírito de Assis


Porciúncula


Ordem Capuchinhos


Missão em Timor


Onde Vivemos


Espaço Jovem


Música


Apontadores


 
XV Capítulo Provincial

Diário do Capítulo

 

 

"Não tenham medo do novo"
 

O dia começou com a invocação ao Espírito Santo. Seguiu-se a hora litúrgica de LaudFrei José Gislon durante a homiliaes, integrada na celebração da Eucaristia. Na saudação, o Presidente, frei José Gislon, indicou o sentido da nossa caminhada: «Estamos aqui para ser Igreja, caminhando com a nossa Ordem e o Povo de Deus.»

 

Na homilia, sublinhou a necessidade de ter confiança nos mais novos, não ter medo da mudança e acreditar na especificidade da própria vocação para que outros tenham estímulo de se juntar a nós. E acentuou: «A vossa Província tem uma acção maravilhosa na Igreja em Portugal, através do apostolado bíblico; mas a força de uma Província não está no que faz: está num Projecto comum, capaz de congregar todos os Irmãos para o mesmo objectivo.»

 

 

Frades Menores Capuchinhos

 

Já na sala do Capítulo, diante do lema ESPERANÇA DE FUTURO, decorreu a primeira sessão capitular aberta pela saudação do Ministro Provincial cessante, frei Acílio Mendes. Partindo do nosso nome de Frades Menores Capuchinhos, desenvolveu as dimensões da alegria, da comunhão fraterna e da solidariedade, recordando que a nossa Província foi fundada por cinco Províncias da Espanha e duas do Brasil. Saudou os Vice-Provinciais de Angola e Cabo-Verde (o Provincial de Bahia e Sergipe não pôde estar presente), aproveitando para dizer que em 1954 já a nossa Província enviou dois missionários para Angola, um deles, o frei Lourenço Torres Lima, com 90 anos, presente neste Capítulo; e que desde então foram enviados para Angola 36 Irmãos da nossa Província. Lembrou também a nossa reciprocidade vital com a Vice-Província de Cabo-Verde, ao nível da formação.

 

E estando presentes dois Irmãos das nossas Fraternidades de Timor-Leste, sublinhou o facto da vocação universal da nossa Ordem, aqui representada pela Europa, África e Ásia e em comunhão com toda a Ordem na pessoa do Presidente do Capítulo, em representação do Ministro Geral, frei Mauro Jöhri, neste momento a presidir ao Capítulo da Vice-Província da Etiópia.

 

 

As primeiras votações

 

Após a leitura da carta do Ministro Geral a autorizar a convocação do Capítulo, foi feita a chamada dos Irmãos Capitulares. O Presidente fez, então, a declaração oficial da abertura do Capítulo, dizendo nomeadamente: «Queremos participar como Irmãos, em Fraternidade, e sair daqui como Província mais unida em torno das decisões do Capítulo para caminharmos juntos, abrindo-nos aos outros numa solidariedade internacional de pessoas. Não tenham medo do novo, nem de realizar projectos novos. Somos chamados, cada vez mais, na Igreja, a viver o nosso carisma. Sem isso, corremos o risco de não ter mais lugar na sociedade de hoje. Nem mesmo na Igreja!»

 

Seguiu-se a confirmação do pró-Secretário como Secretário deste Capítulo, na pessoa do frei José António Fonseca Santos, bem como a da Equipa de Liturgia e da Equipa dos Meios de Comunicação Social, dos Peritos e do horário-base do Capítulo; e ainda a eleição dos dois Vice-Secretários, da Equipa de Secretaria, dos Escrutinadores e dos Moderadores das sessões.

 

A manhã terminou com a recitação do salmo 2 de São Francisco, tecido com versículos de vários salmos.

 

 
Página Principal | Capuchinhos em Portugal | Contactos | Ficha Técnica | Sugestões

© 2008 Ordem dos Frades Menores Capuchinhos (Portugal)