<%@ Language=VBScript %> Ordem dos Frades Menores Capuchinhos

PAZ e BEM! Bem-vindo à Página dos Frades Missionários Capuchinhos

Página Principal


São Francisco Assis


Espírito de Assis


Porciúncula


Ordem Capuchinhos


Missão em Timor


Onde Vivemos


Espaço Jovem


Música


Apontadores


 
Encontro com a Bíblia

A caminho de Emaús

A caminho de Emaús

Proponho aos leitores um dia de reflexão, contemplação e adoração com base nestes elementos:

1. Leitura do texto de Lucas 24,13-35.

2. Contemplação das imagens, para evocar aquilo que no texto mais vos tocou.

3. Tomar consciência da caminhada espiritual que é feita no texto pelos dois discípulos de Emaús, paralela à que se verifica ao longo de uma celebração da Eucaristia (e tirar as respectivas consequências práticas).

4. Ler o poema junto, como sintonia com a minha partilha e sugestão para a própria oração e criatividade individual ou em grupo.

 

 

EMAÚS

 Lucas 24

I

Sentiam-se explodir, vulcões inquietos:

– Já fomos enganados tantas vezes!

Julgávamos que desta era diferente.

Lá iam, de memória dolorida,

Seus olhos prisioneiros no presente.

– Não lestes o que outrora vos disseram

Moisés e os Profetas? Que um Messias

E servo sofreria pelo povo

Mas que ao terceiro dia triunfava?

– E quem és tu? Será que não ouviste

As últimas notícias? Enganou-nos!

Três dias já lá vão – e dele, nada!

– Bem, há umas mulheres que disseram

Que uns homens como anjos tinham dito…

Mas dele ninguém viu sinais de vida!

 

 

II

Jesus entrara assim nessa conversa

Como se não falassem da sua morte

Aqueles peregrinos sem esperança.

A dor tinha-lhes mesmo escurecido

As mentes, ao sol-pôr, e já não viam

Que o novo companheiro era o seu Mestre!

(Tu sabes que é difícil crer de novo

Depois da decepção de um desamor

Ou de uma crença imposta. Crês–se amas!)

A chama do calor que o sol perdera

Queimava no seu peito, renascida.

E a luz da fé mortiça reanimou-se

Ao Ele partir o pão: “É o Rabunni!”

Mas Ele já lá não estava: Era O Vivente!

E foram para a vida proclamá-lo.

A caminho de Emaús

O Peregrino de Emaús

Ao partir o Pão

frei Lopes Morgado

 

 
Página Principal | Capuchinhos em Portugal | Contactos | Ficha Técnica | Sugestões

© 2005 Ordem dos Frades Menores Capuchinhos (Portugal)